TCC – Terapia cognitivo-comportamental

TCC - Terapia cognitivo-comportamental

A Terapia Cognitivo-Comportamental ou TCC é amplamente estudada com mais profundidade e possui diversas comprovações de sua eficácia por meio de estudos empíricos. Os psicólogos a recomendam principalmente para tratar problemas específicos e atuais do paciente.

Caso você esteja a busca de psicólogo em São Paulo, então conheça as psicólogas do consultório e agende sua consulta.

No site você pode também ver o valor das consultas e conhecer mais assuntos relacionados a psicólogo e psicologia.

É utilizada para solução de diversos transtornos psicológicos. Principalmente, àqueles que dependem de uma uma nova interpretação de eventos que desencadeiam comportamentos padrão ou repetitivos, conhecidos como transtornos de processamento da informação. Ela também ensina a lidar com emoções e pensamentos negativos, ressignificando situações e eventos bem específicos.

O que é a terapia cognitivo-comportamental?

A Terapia Cognitiva-Comportamental adota uma abordagem estruturada, estabelecida a partir da colaboração entre terapeuta e paciente. A técnica consiste em buscar uma reestruturação cognitiva sobre emoções e comportamentos, por meio de intervenções sobre as cognições baseadas em eventos significativos para o paciente.

Saiba mais sobre TCC – Terapia cognitivo-comportamental nos textos abaixo elaborados pelos psicólogos do consultório

Devedor Compulsivo

Devedor compulsivo
Um devedor compulsivo pode ser você sem sabê-lo.
Você já teve uma vontade incontrolável de gastar mais do que devia? Sim? Então saiba que você pode estar sofrendo de um tipo de transtorno chamado de endividamento compulsivo.

Rotina e Bem Estar

Como criar uma rotina noturna e tenha um dia maravilhoso
Como criar uma rotina noturna e tenha um dia maravilhoso
Para ter um dia maravilhoso e bastante produtivo é importante que o repouso noturno seja realmente restaurador. Veja o que diz o psicólogose pensa?

Insônia

Insônia
Dicas de como amenizá-la
Você sofre com a insônia? Há vários fatores que podem estar desencadeando esse distúrbio do sono. Felizmente, há também muitas dicas que podem lhe ajudar a recuperar o sono que vão desde a mudança na alimentação até mesmo a uma consulta com um psicólogo…

Mudar de Carreira

Mudar de carreira
Gostaria de mudar de carreira mas não sabe qual escolher?
Os jovens costumam questionarem-se muito sobre qual profissão escolher, pois acreditam que ela será definitiva por toda sua vida. Mas os anos passam e depois percebem que aquela profissão não era bem o que queriam… O que fazer quando se pretende mudar de carreira e assumir outra área?…

Trocar de Carreira

Qual é o momento certo de deixar o emprego
Qual é o momento certo de deixar o emprego
Muitas pessoas se perguntam qual a hora certa para deixar o emprego. Seja por cansaço, por querer mudar de vida ou ainda por alguma razão pessoal, em algum momento de nossas vidas desejamos mudar de emprego. Quando permanecemos muito tempo com a mesma ocupação, isso pode nos trazer desânimo e também a vontade de empreender. Muitas pessoas procuram por apoio de psicólogos para lidar com essa situação…

O que é honestidade

O que é honestidade
Você conhece a verdadeira importância da honestidade?
Ela é importante não apenas para termos mais credibilidade perante aos outros como também para nós mesmos…

Ego I

O que é o ego e por que deve-se controlá-lo
O que é o ego e por que deve se controlá-lo
Muito discutido e difundido na mundo da psicologia e psicanálise, o ego é o núcleo da nossa personalidade. Responsável tanto por nossos instintos de sobrevivência, quanto pela nossa ideia de estarmos sempre certos…

Personalidade paranoide

O que é o transtorno de personalidade paranoide
O que é o transtorno de personalidade paranoide
A personalidade paranoide é classificada pela psicologia como um transtorno. Em geral, se caracteriza por tipos de paranoias e por determinados padrões de desconfiança excessiva que se torna generalizadas com o tempo.

Borderline

O que é o Transtorno de Personalidade Borderline?
O que é o Transtorno de Personalidade Borderline?
Transtorno da Personalidade Borderline é um distúrbio da regulação emocional que afeta até 5% da população. Até algumas décadas atrás, os diagnosticados com esse problema psicológico eram considerados intratáveis. Apesar de hoje o tratamento ser possível, os indivíduos que vivem com Transtorno de Personalidade Borderline enfrentam estigma. Mas com tratamento correto a vida das pessoas com essa desordem pode mudar…

Pensamento Negativo

Pensamento Negativo
5 técnicas para afastar o pensamento negativo e ser mais feliz
É fato conhecido que os pensamentos têm impacto direto em nossa vida. O que pensamos pode não apenas direcionar nossas ações como também acarretam em consequências físicas e psicológicas, alertam os psicólogos…

Mitos sobre a psicoterapia

Mitos sobre a psicoterapia
Os 4 maiores mitos
Os mitos sobre a psicoterapia são muito prejudiciais em nossa sociedade. É por causa deles que muitas pessoas deixam de procurar a ajuda de que precisam…

Assertividade

Assertividade
6 dicas para ter mais assertividade em sua vida
Nem sempre nosso humor favorece o nosso dia a dia e nos proporciona boas relações, bons momento e atitudes positivas. E diante disso, muitas pessoas buscam mais assertividade para lidarem de forma construtiva com os conflitos e situações do dia a dia…

A TCC sugere que uma mesma situação possa ser compreendida sob diversos pontos de vista, desafiando os pensamentos ou convicções criadas a partir de crenças e verdades que assumimos diante de situações diversas. A partir de uma nova abordagem, cria-se mecanismos lógicos para auxiliar o paciente na gestão de situações que geram sofrimento.

Como funciona a terapia cognitivo-comportamental

Existe uma grande variedade de técnicas, entre elas cognitivas, comportamentais, emocionais e interpessoais. Essas técnicas permitem ao paciente reaprender sobre suas crenças, valores, comportamentos, filosofias e criar métodos mais eficazes para lidar com esses padrões em seu dia a dia.

Técnicas Cognitivas: são técnicas destinadas a modificar um conjunto de crenças e pensamentos automáticos, evitar previsões negativas e restabelecer valores pessoais, rótulos negativos e críticas severas a respeito de si e do mundo.

Técnicas Comportamentais: são aplicadas para alterar comportamentos, desenvolvendo uma postura mais esperançosa, por meio de relaxamentos e exercícios role-play, para modelando novos comportamentos.

Técnicas Emocionais: técnicas para desenvolver a auto-aceitação, desenvolver a inteligência emocional, auto-compaixão e favorecer relacionamentos mais saudáveis, a partir da percepção do outro e de si mesmo.

Técnicas Interpessoais: buscam desenvolver a comunicação, a escuta ativa, a linguagem corporal e auto-expressão, facilitando as relações sociais.

Para quem ela é recomendada

É recomendada e produz resultados eficazes para diversos transtornos psicológicos e emocionais, entre eles:

Pode ser aplicada em adultos e adolescentes, e ainda em sessões individuais ou terapia de casal.

A eficácia da TCC está diretamente ligada à pré-disposição do individuo, estando aberto e disposto a aplicar seu tempo e seus esforços para compreender suas emoções e pensamentos recorrentes. Compreender esses estados internos irá favorecer a terapia e resultados com sua aplicação.

História da terapia cognitivo-comportamental

A terapia cognitivo-comportamental foi desenvolvida pelo Dr. Aaron Beck e sua equipe, na década de 60. Em meados da década de 50, com o surgimento de Ciências Cognitivas, o cenário científico já apontava nessa direção. Beck conduziu estudos empíricos para validar o princípio psicanalítico motivacional da depressão como agressão retroflexa do indivíduo contra si, no caso uma auto-punição.

No entanto seus estudos provaram o equívoco no modelos psicanalítico de depressão. Assim ele propôs um novo modelo cognitivo de depressão, que gerou um novo sistema de psicoterapia, chamado de Terapia Cognitiva.

Esses estudos apontaram os processos cognitivos como responsáveis pelos comportamentos. Também resultou em estratégias cognitivas e comportamentais relevantes para processos psicológicos na depressão e outros transtornos semelhantes, que são desencadeados por fatores cognitivos.

Regularidade das consultas

A grande vantagem da TCC é sua aplicação curta e em tempo determinado. Isto é, cerca de 5 ou 10 sessões são suficientes para obter resultados satisfatórios. É indicado que as sessões inicialmente seja semanais, passando a uma periodicidade quinzenal.

Por isso, a Terapia Cognitivo-Comportamental tem duração média de 3 a 6 meses. Justamente por ser rápida, costuma ser aplicada em casos que requerem um resultado efetivo em pouco tempo. Também é a terapia ideal para pessoas que desejam tratamentos de curta duração.

Conclusão

Hoje, amplamente popularizada e aplicada, a Terapia cognitivo-comportamental é reconhecida, além de comprovada. Os resultados estarão co-relacionados a pré-disposição do individuo em abrir-se e construir junto ao terapeuta estratégias para lidar com seus transtornos. Também dependem do profissional em escolher as melhores práticas e técnicas para levar o paciente ao resultado desejado.

Cada individuo terá seu nível de resposta conforme sua dedicação a terapia e empenho em solucionar e resolver seu sofrimento. Muitas veze,s a ansiedade pode comprometer esses resultados. Por isso é recomendado que siga-se o tratamento até sua conclusão. Consulte um profissional especializado para aconselhar e esclarecer de forma mais abrangente sobre a TCC.

Autora: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.