Newsletter Gratuita
Assine Aqui

O que é ter maturidade no relacionamento?

O que é ter maturidade no relacionamento

O que é ter maturidade no relacionamento? Quais as características de um relacionamento saudável e maduro?

A trilha da maturidade no relacionamento é o caminho de se tornar um adulto na vida. Desde o momento em que se nasce, a pessoa passa a amadurecer em muitos aspectos. E é precisamente nesta aprendizagem que se encontra a base da maturidade. Para a psicologia, falar em maturidade no relacionamento é, também, falar de emoções e autoconhecimento.

Definindo a maturidade no relacionamento

A maturidade no relacionamento pode ser refletida de várias maneiras. Pessoas com inteligência emocional possuem mais recursos quando respondem de forma assertiva a eventos externos.

Essa maturidade no relacionamento também corresponde à capacidade de adaptação com a qual a pessoa consegue lidar com inconvenientes por meio de uma resposta adequada.

Também, a maturidade no relacionamento está atrelada à evolução vital que um ser humano experimentou ao longo da sua jornada.

Por esta razão, ela terá novas ferramentas para gerenciar diferentes situações. Isso significa que o nível de maturidade de uma pessoa é observado, pela resposta aos eventos da própria vida.

No entanto, ter maturidade no relacionamento não significa impedir, para sempre, o sofrimento apareça. Mas com certeza, ela ajuda a percorrer caminhos de sofrimento desnecessários e cometer sempre os mesmos erros. 

Assim, ter maturidade no relacionamento é saber viver de acordo com as questões externas e internas que a própria vida coloca em seus desafios cotidianos, nos problemas, na amizade, na família, nas metas.

Características de maturidade no relacionamento e inteligência emocional

Quais são os traços que definem um relacionamento maduro? Leia a seguir.

1. Coerência

Coerência, tanto no pensamento quanto nas ações. Mesmo que as pessoas sejam condicionadas pelos desafios e contradições, um casal maduro irá agir em harmonia com o que pensa, seguindo valores éticos e princípios de ação correta.

2. Responsabilidade

Um casal maduro falará assertivamente da responsabilidade como uma ferramenta para aumentar a experiência e garantir a redução de erros cometidos. E também saberá minimizar os danos causados.

3. Autocontrole

Em um relacionamento maduro, o casal assume controle de suas vidas com consciência de fatores que podem realmente ser difíceis. Terão as ferramentas necessárias para tomar decisões corretas, sem perder tempo com questões secundárias e irrelevantes.

Sinais de Imaturidade Emocional

Por outro lado, pode-se perceber alguns sinais de uma imaturidade emocional, quando:

Valor Consulta Psicóloga Veluma






Não quero informar nome ou e-mail





  1. Os pais estão muito presentes na suas vidas.
  2. Não há preocupação no controle de suas finanças.
  3. O casal ou a pessoa vive como se fosse um adolescente.
  4. Tem medo de cometer erros.
  5. Medo de se comprometer.
  6. Tem dificuldade em expressar seus sentimentos.

Se há um tipo de maturidade que pode influenciar todos as outras, é sem dúvida, a maturidade emocional de uma pessoa. Com a maturidade no relacionamento é possível saber como e quando as coisas podem mudar e o que não podem. 

Podemos até dizer que o a maturidade emocional  tem relação direta com as emoções positivas e, por isso, elas conseguem ter em suas mãos o gerenciamento das suas emoções e controlá-las da melhor forma possível. 

Existem várias atitudes e comportamentos que podem dar pistas sobre o nível de maturidade no relacionamento, tais como:

Sinais de Maturidade Emocional

  1. Quando há uma discussão, pode-se ver claramente a maturidade emocional.
  2. Pela forma de ver e compreender o mundo como ele é.
  3. A forma de enxergar para trás e fazer autocrítica.
  4. Não costumam reclamar.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

Essas são situações de pessoas que aceitaram seu passado e aprenderam com ele, e sabem que o importante está no momento presente. Outra característica é que pessoas com maturidade e inteligência emocional não são autopunitivas, porque confiam em si mesmas e a sua culpa é transformada para algo produtivo e edificante.

Um casal deve trabalhar o emocional para alcançar uma maior maturidade psicológica e a confiança em si mesmos. A autoestima é outro fator fundamental para aceitar as coisas como elas são.

É interessante saber observar as suas emoções e suas reações. Para ajudá-lo, você pode contactar um psicólogo que manterá uma conversa produtiva sobre suas emoções. Lembre-se: praticar a assertividade os ajudará muito a descobrir como tratar os outros e expressar suas emoções negativas de forma correta.

Gostou deste texto sobre maturidade no relacionamento? Então não deixe de ler sobre 5 sinais de que você promove a autossabotagem!

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana Brotto

CRP 106524/06. CEO do consultório Psicologo Com.Br. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *