Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como criar uma rotina noturna e tenha um dia maravilhoso

Categoria dos serviços dos psicólogos: terapia cognitivo comportamental
Como criar uma rotina noturna e tenha um dia maravilhoso

Estabelecer uma rotina noturna irá fazer com que você tenha um sono reparador e um dia de qualidade. Leia o artigo e aprenda a fazer isso.

Para ter um dia maravilhoso e bastante produtivo é importante que o repouso noturno seja realmente restaurador.

E estabelecer uma rotina noturna antes da hora de dormir ajudará você a ter um sono realmente reparador e tranquilo, afirmam os psicólogos. E sabia que isso não é tão difícil quanto se pensa?

Estabelecer bons hábitos em sua rotina noturna irá fornecer o descanso que o seu corpo e a sua mente precisa para enfrentar o dia. Gostaria de saber como? Então confira esses cinco hábitos que irão melhorar a sua qualidade do sono – e também sua qualidade de vida.

1. Fixe horários para dormir e acordar

Busque dormir e acordar na mesma hora todos os dias – inclusive nos fins de semana. Isso é crucial para definir o relógio interno do seu corpo, que os especialistas chamam de ritmo circadiano. E a consistência desse horário vai também melhorar a qualidade do seu sono.

2. Cuide da sua alimentação

Como Escolher meu Psicólogo?

Confira no nosso guia completo sobre psicólogo e psicoterapia. Nele você encontrará dicas do que considerar na escolha do seu psicólogo.

COMO ESCOLHER MEU PSICÓLOGO

A nicotina e a cafeína são estimulantes que tornar difícil dormir e permanecer dormindo. Bebidas alcoólicas podem trazer uma certa sonolência, mas elas prejudicam imensamente a qualidade do seu sono.

Além disso, preste atenção ao que você come e, principalmente, ao horário que come. Ir para a cama com o estômago vazio ou com fome pode mantê-lo acordado.

3. Crie um ambiente confortável

Faça do seu quarto um ambiente tranquilo e propício para o repouso. Por isso mantenha-o calmo, com boa temperatura, silencioso e escuro.

Seu colchão e travesseiro também impactam a qualidade do seu sono. Você deve se sentir confortável em seu colchão e se dorme com um companheiro/companheira, certifique-se de que ele é grande o suficiente para que ambos tenham bastante espaço.

4. Tenha um ritual em sua rotina noturna

Psicólogos

Conheça os psicólogos e psicólogas do consultório. Veja o perfil detalhado de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Busque criar um ritual noturno relaxante e o repita todas as noites. Você pode ler um livro, ouvindo musica tranquila, tomar um banho quente… Seja qual for, essas atividades irão indicar ao seu corpo que é hora de relaxar.

Evite assistir TV ou olhar para qualquer tela (computador, tablet ou smartphone etc.) antes de dormir. Essas são atividades estimulantes e farão seu cérebro ficar acordado.

5. Esqueça o relógio

Se está com dificuldades para dormir ficar de olho no relógio pode estressá-lo e dificultar intensificar a insônia.

Mantenha o relógio do seu quarto afastado de você para que não fique tentado a ver o tempo passar. E caso você sinta que tenha passado muito tempo e ainda não conseguiu dormir, saia da cama e faça algo relaxante até se sentir sonolento.

Ter uma boa rotina noturna não apenas o ajudará a ter um sono de qualidade como também a ter uma vida melhor. Com corpo e mente descansados, você terá muito mais energia para alcançar suas metas e objetivos.

Valor Consulta Psicóloga Suzane






Não quero informar nome ou e-mail





Além disso, a qualidade do sono também impacta diretamente disfunções psicológicas. A falta de repouso adequado pode intensificar o estresse até mesmo chegar ao ponto de desenvolver algum transtorno psicológico.

Caso você ainda tenha muita dificuldade para adormecer ou apresente distúrbios do sono, peça ajuda de um psicólogo. Ele irá analisar o que está comprometendo seu sono e ajudará a restabelecê-lo através da psicoterapia.

Gostou do artigo? Então acompanhe nossos textos e confira mais dicas para melhorar a sua vida.

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Autora
Thaiana F. Brotto

CRP 106524/06

FORMAÇÃO

Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.