Qual é o momento certo de deixar o emprego

Categoria dos serviços dos psicólogos: terapia cognitivo comportamental
Qual é o momento certo de deixar o emprego

Será que chegou mesmo a hora de deixar o emprego? Leia o texto e veja como tomar essa decisão com segurança.

Muitas pessoas se perguntam qual a hora certa para deixar o emprego. Seja por cansaço, por querer mudar de vida ou ainda por alguma razão pessoal, em algum momento de nossas vidas é comum desejarmos mudar de emprego. Quando permanecemos muito tempo com a mesma ocupação, isso pode nos trazer desânimo e também a vontade de empreender. Muitas pessoas procuram por apoio de psicólogos para lidar com essa situação.

Mas qual será o momento certo para trocar de trabalho, buscar novas oportunidades ou mesmo empreender? Todo profissional sênior com bagagem e conhecimentos acumulados, em algum momento da vida, se pergunta se chegou ou não a hora de buscar por novas oportunidades. A estagnação costuma ser a mola propulsora de mudanças.

Porém, diante de um mercado extremamente competitivo, qualquer pessoa que está empregada tem em mente em primeiro plano manter seu emprego. O que tornam nossas dúvidas ainda maiores sobre qual é o momento certo de deixar o emprego.

Confira nossas dicas e veja se você atende todos os critérios para uma transição bem sucedida.

1) Conheça profundamente a área na qual irá atuar

Está a procura de psicólogo em São Paulo para atendimento de terapia cognitivo comportamental? Conheça os nossos psicólogos, veja o valor das consultas e agende sua consulta diretamente pelo nosso site.

Antes de tudo, avalie a área que deseja atuar sem envolver emoções. Faça um comparativo entre prós e contras para cada situação nova. Veja as perspectivas de crescimento profissional e avalie o investimento necessário, seja psicológico ou financeiro.

Considere os melhores e piores cenários. Analise toda sua experiência na área e verifique se você é um profissional sênior ou apenas um entusiasta.

Todas essas análises irão ajudar na hora de tomar uma decisão. E também lhe indicarão se esse é o melhor momento para investir em outra oportunidade profissional e deixar o emprego.

2) Tenha um capital para iniciar e se manter por alguns meses

Você precisa fazer uma reserva considerável, seja para investir em um novo negócio ou para realizar uma transição de carreira. E pense sempre na probabilidade de dar certo e de dar errado.

Por isso, é importante ter um capital suficiente para você viver aproximadamente 6 meses sem depender da sua nova ocupação após deixar o emprego.

Invista tempo planejando, pois somente um planejamento assertivo pode impedir arrependimentos na hora de escolher qual caminho seguir e deixar o emprego.

3) Informe-se sobre o setor e retorno de investimento

Busque conhecer profundamente a nova área de atuação. Analise as oportunidade, o crescimento esperado para a área, tempo para recuperar o investimento inicial, concorrentes, economia local, entre outros aspectos. A maior parte das empresas abertas no Brasil fecham em menos de 3 anos por falta de planejamento e conhecimento na área de atuação.

4) Participe de workshops e jornadas de formação

Busque relacionar-se com outras pessoas da área. Aliar-se a profissionais com mais experiência na sua área de atuação trará mais maturidade para seu planejamento e tomada de decisões. Busque conversar, participar de workshops, palestras, jornadas de formação, entre outras atividades que permita a troca de conhecimentos e a formação de um network qualificado e influente.

5) Consulte especialistas antes de deixar o emprego

Se você está pensando em abrir um novo negócio, ou mesmo se está em busca de oportunidades de crescimento é fundamental consultar outros profissionais que já tenham vivido situações semelhantes, ou mesmo consultores especializados no setor que você tem interesse em atuar.

Além de refletir sobre as razões da sua insatisfação no trabalho, busque por apoio de profissionais mais experientes. Temos certeza de que eles estão esperando por você para trocar experiências e dividir informações.

6) Avalie se esse é seu sonho ou aquilo que você faz melhor?

Analise bem sua vocação. É fundamental pensar sobre essa mudança com certo distanciamento. Mais do que indagar se esse é seu sonho ou exatamente o que você faz melhor, busque pedir a opinião de outras pessoas que conhecem você ou mesmo busque apoio psicológico para realizar sua transição com firmeza e somente após ter refletido sobre todos os fatores que podem estar influenciando sua tomada e decisão.

Busque fazer todas as perguntas e também encontrar todas as respostas possíveis para sua questão. Uma transição de carreira ou mesmo deixar o emprego pode não ser fácil e é importante que seja uma decisão tomada com segurança.

Nada nos deixa mais realizados do que a chance de fazer aquilo que fazemos bem e que nos torna pessoas melhores. Mas isso deve ser feito com segurança e assertividade.

Esse artigo foi útil? Pode ser que você se interesse por esse aqui também: Trabalho e Qualidade de Vida

Quem leu esse texto também se interessou por:

Autor: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)
*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.