19 sinais que está em um relacionamento saudável

19 sinais que está em um relacionamento saudável

Construir um relacionamento saudável demanda tempo e comprometimento dos envolvidos. Que tal conhecer as principais características dele? Leia o texto.

A maioria de nós quer estar em um relacionamento saudável, feliz e amoroso. No entanto, muitas vezes não sabemos ao certo como conquistar um relacionamento assim, se já estamos em um ou como melhorar a relação que temos. Você já pensou se está em um ótimo relacionamento e não sabe?

Construir um relacionamento demanda trabalho. Um relacionamento saudável não se constitui sozinho, apesar de o que as comédias românticas levam a crer. Assim como a nossa vida, todo relacionamento terá seus desafios. Será que você está preparado para superá-los?

Que tal conhecer os sinais de um relacionamento saudável? Confira abaixo.

19 sinais de um relacionamento saudável

Às vezes não percebemos que estamos muito bem. Por isso, listamos algumas das principais características de um relacionamento saudável.

>>> Veja também: 6 dicas para ter um relacionamento feliz

Encare elas como uma autoavaliação. Se você perceber que está bem, que ótimo, continue assim. Caso perceba que a sua relação precisa melhorar, tudo bem, já deu o primeiro passo. Agora confira os principais sinais de um relacionamento saudável.

>>> Veja também: A importância da reciprocidade no relacionamento

    1. Cuida de si mesmo de todas as maneiras — fisicamente, emocionalmente, psicologicamente e espiritualmente. Você percebe que seu parceiro não pode traçar o caminho da sua vida para você. Você fica em seus próprios dois pés. Seu senso de autoestima está dentro de você — você não conta com o seu parceiro para reforçar sua auto-estima.
    1. Seu relacionamento traz para você e seu parceiro mais felicidade do que estresse. Os benefícios são muito maiores que quaisquer dificuldades.
    1. É responsável e admite quando comente erros. Você aceita a responsabilidade por seus próprios comportamentos, escolhas e crenças, em vez de culpar seu parceiro.
    1. Não tenta mudar seu parceiro, reconhecendo que este não é seu trabalho e a vida dele não está sob seu controle. Você pode falar respeitosamente sobre aspectos do seu parceiro que lhe dizem respeito, mas não tenta controlar o resultado da sua conversa.
    1. Não usa táticas intimidadoras ou manipuladoras com seu parceiro. Você se expressa sem violência física ou emocional. Ambos se sentem seguros fisicamente e emocionalmente.
    1. Se comunica abertamente, sinceramente, gentilmente e regularmente. Você se sente livre para ser vulnerável, porque sabe que seu parceiro não se aproveitará dessa situação. Pode se expressar abertamente sobre sua vida sexual, finanças e outros assuntos sensíveis.
    1. Ambos perdoam a si mesmos. Você perdoa o outro e a si mesmo, enquanto também procuram fazer modificações e melhorias em seus comportamentos e atitudes, conforme necessário.
    1. Você não é vingativo e entende que relacionamentos saudáveis ​​podem incluir brigas — a chave está em como lida com o conflito. Você pode usar esse problema para melhorar o relacionamento e respeita as necessidades do outro.
    1. Ambos apoiam as escolhas um do outro. Você escuta sem julgamento, encoraja e entende as escolhas do seu parceiro e valoriza a opinião dele.
    1. Respeito acima de tudo. Você expressa admiração pelo outro e sabe que ele não tem como adivinhar o que você sente ou que está em sua mente. Também mostra interesse nas atividades dele, inclusive aquelas que não incluem você.
    1. Quando quer algo, você pede. Não espera que o automaticamente seu parceiro desvende o que deseja.
    1. Aceita mudanças em seu relacionamento, pois, sabe que evoluir é natural e saudável.
    1. Toma decisões importantes em conjunto e não sozinho.
    1. Cria um significado compartilhado. Você cria e alimenta rituais que ajudam a construir o vínculo com seu parceiro, como caminhar juntos pela manhã, ter uma noite de encontro uma vez por semana ou planejar viagens.
    1. Compartilha suas expectativas com seu parceiro. Você visualiza e trabalha por um futuro junto com ele.
    1. Confiam uns nos outros e assim ambos dão o benefício da dúvida. Você acredita na palavra do seu parceiro.
    1. Ambos apoiam a individualidade um do outro. Ambos sabem que não são cópias e sim pessoas diferentes. Portanto, terão diferentes interesses e pontos de vista diversos.
    1. Ficam curiosos sobre as diferenças entre ambos, em vez de se sentirem ameaçados por elas.
  1. Tentam coisas novas juntos e evitam ficar presos em uma rotina.

Um relacionamento saudável traz o melhor dos dois à tona. Por isso, buscar um relacionamento saudável é importante.

Se você está em um relacionamento e com essas dicas percebeu que algumas coisas podem melhorar, o auxílio de um terapeuta pode ser bastante útil para o casal.

Gostou do texto? Então pode se interessar por esse: 8 hábitos de casais felizes

Autor: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)
*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.