Como gerenciar o nível de estresse alto

Categoria dos serviços dos psicólogos: ansiedade
Estresse Alto, consultório do psicólogo em São Paulo

O estresse alto é um dos maiores problemas da humanidade. Como fazer para gerenciá-lo?

O estresse alto está hoje em todos os lugares do mundo. A globalização não apenas levou os produtos comerciais a todo restante do globo como também o modo e estilo de vida. O corre-corre das grandes cidades fez surgir problemas de saúde mental e física que antes não eram tão vistos. Segundo os psicólogos, por mais que as pessoas possam se adaptar a esse novo modelo de vida, administrar o nível de estresse alto ainda é um grande desafio.

Consequências do estresse alto

O estresse é caracterizado por uma sensação de tensão, que pode ser positiva ou negativa. O acúmulo gerado pela tensão, preocupação e poluição mental de ideias e pensamentos, são as principais causas do estresse alto. Mas, quais são as consequências desse nível de estresse alto?

Está a procura de psicólogo em São Paulo para questões de ansiedade? Conheça os nossos psicólogos, veja o valor das consultas e agende sua consulta diretamente pelo nosso site.

O estresse alto produz graves danos no padrão mental da pessoa. Esses danos atingem certas regiões do cérebro, principalmente no sistema nervoso, que está presente em todo o corpo. Com esse colapso nervoso, algumas doenças físicas ou transtornos psicológicos resultam em estados de sérias crises.

>>> Veja também: Principais sintomas de colapso mental

Quando não é diagnosticado ou tratado, o estresse alto pode revelar sinais físicos como:

  • Tensão muscular;
  • Sensação de irritação e nervosismo;
  • Danos vasculares cerebrais, como AVC e paralisias faciais;
  • Úlceras, transtornos digestivos e urinários;
  • Fobias e depressão;
  • Baixa imunidade;
  • Insônia;
  • Obesidade ou anorexia.

Como gerenciar o estresse alto

O estresse alto é fácil de ser gerenciado quando aplicado algumas medidas simples. Confira!

1. Reconhecimento do estado atual de estresse alto

A identificação é muito importante já que perceber a si mesmo é observar seus gatilhos e promover o autoconhecimento.

2. Técnicas de respiração e relaxamento

A respiração é o meio mais adequado para lidar com o estresse alto, que provoca estados de serenidade dos pensamentos e tranquilidade das emoções.

3. Desvio do foco

O estresse alto está associado a uma ideia ou pensamento fixo obsessivo. A fuga é um dos mecanismos que a mente pode gerar para liberar a tensão e a atenção do foco. Crie métodos de visualização, pratique exercícios de meditação que incluam mentalmente formas de fixar novos focos, de forma a expandir a perspectiva emocional.

4. Refletir posteriormente a experiência vivida

Analisar de forma fria e cautelosa após o problema fará com que você possa detectar os pontos frágeis de sua mente. A ideia é acalmar, não inquietar. Por isso, é importante identificar e aceitar o estresse, mas evitar chegar a níveis de estresse alto.

5. Pratique exercícios com regularidade

A prática física reduz qualquer nível de estresse, reequilibrando a respiração, os batimentos cardíacos, liberando os hormônios que ajudaram a tensionar os estados mentais e emocionais. Em situações de estresse alto, quem pratica exercícios, não sofrerá as mesmas consequências físicas do que àquelas que não praticam.

Estas dicas ajudam e são eficazes para gerenciar o estresse alto. Sentir-se estressado é normal, ainda mais em um mundo desvinculado da tranquilidade social. A questão é não permitir que o estresse se eleve a ponto de escravizar os nossos sentidos. Praticar a paciência, tolerância e a auto-observação são fundamentais para a saúde física e mental.

Procure desenvolver estas técnicas e observe as mudanças em sua vida. Combater o estresse alto e a ansiedade é também gerenciar as diferentes respostas que a vida nos coloca à frente.

>>> Para saber mais: Ansiedade

Para criar qualidade de vida e deixar que nossas emoções não sejam interferidas pelos nossos comportamentos, é preciso enxergar o sistema que abrange mente, ideias, tensões e formas de resolver os problemas. Sentir ansiedade e outros pensamentos negativos, com o passar do tempo, geram vulnerabilidade, fobias e medo, só tratadas por profissionais da saúde mental.

O “estresse positivo”, assim chamado, ele sempre tenderá para a saída da inércia, para a motivação e, assim, projetar novos desafios, ao invés de incluir e absorver a ansiedade.

Assim, a gestão do estresse alto pode ser prevenido e também acompanhado por psicoterapeutas que farão com que o controle dos níveis de estresse possam ser reduzidos e otimizados. Busque ações assertivas, ajuda profissional, abordagens que sejam para prevenção do estresse.

Gostou deste texto informativo sobre estresse? Tenha mais informações sobre ansiedade e TCC em nosso site!

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Você conhece o transtorno misto de ansiedade e depressão

    Transtorno misto de ansiedade e depressão
    O transtorno misto de ansiedade e depressão é um problema psicológico que se caracteriza por apresentar sintomas de ambas as desordens. Psicólogo Market Place
  • Você conhece as suas necessidades reais

    Você conhece as suas necessidades reais
    O fato de que vivemos estilo de vida acelerado, com muitos compromissos, expedientes, projetos, cobranças etc, não é uma tarefa fácil. Consultório em São Paulo
  • Mente inquieta

    Mente inquieta
    Ter uma mente inquieta pode trazer muitos prejuízos para nós, consultório do psicólogo localizado em São Paulo, próximo ao Shopping Morumbi

Autor: Thaiana Brotto (Psicóloga CRP 06/106524)
*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.