Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Como cuidar das crianças na quarentena

Como cuidar das crianças na quarentena

Cuidar das crianças na quarentena não é uma tarefa fácil. Mas com algumas dicas, é possível que esse período fique mais tranquilo para todos.

Ficar em casa já é difícil, agora imagina para quem é pai e mãe. Cuidar de crianças na quarentena pode ser um desafio e tanto. Ainda mais que os pequenos ficam confinados e tendem a ser mais hiperativos.

É papel do psicólogo ajudar, por isso, hoje trazemos alguns conselhos sobre como lidar com crianças na quarentena. Assim tanto os pequenos quanto os pais e mães podem passar por esse período com mais bem-estar.

Dica 1. Mantenha a calma

Valor Consulta Psicóloga Veluma






Não quero informar nome ou e-mail





Lembre-se, o isolamento social e a pandemia são situações grave. Assim como os adultos ficam ansiosos e com medo desse período de incertezas, as crianças também. E como somos adultos, nossas palavras e ações são importantes balizadores para seu comportamento, afirmam os psicólogos.

Manter a calma exige que tenhamos consciência de nossas próprias ansiedades, crenças restritivas e comportamentos que atuam como barreiras pessoais para que possamos ter um pouco de paz.

A autoavaliação e a reflexão o ajudam a estabelecer quais são as ideias e ações que nos levam a ansiedade. E que, por consequência, acabam refletindo nas crianças. Caso esteja sofrendo de ansiedade, a psicoterapia pode ajudar.

Dica 2. Crie horários e rotina para as crianças na quarentena

Organize a semana e estabeleça uma rotina para seus filhos. Isso significa que seus filhos devem ter hora para brincar, estudar, dormir etc.

Ainda falando em estudos, é importante estabelecer um período do dia para que ele faça isso e o monitore. As crianças precisam entender que não estão de férias, e você precisa ajudá-las nisso.

Dica 3. Organize os horários que você vai dar atenção aos seus filhos

Dependendo da idade de seus filhos, eles precisarão de sua atenção ao longo do dia. Se esse for o caso, e seu trabalho permitir, você poderá dividir suas horas de trabalho ao longo do dia.

Talvez trabalhe algumas horas pela manhã, outras à tarde e depois à noite. Manter a rotina matinal impede que as crianças confundam a quarentena com as férias.

Dica 4. Mantenha contato

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

É importante para as crianças na quarentena manterem contato com os amigos. E isso é possível por meio de redes sociais, lives, videoconferências etc.

O FaceTime é uma opção popular, mas você também pode usar os serviços de videochat do Zoom, Skype, Google Hangouts ou WhatsApp.

Mas atenção, cuide das interações que seus filhos têm nas redes sociais. As mídias digitais podem ser muito tóxicas, portanto esteja atento e oriente suas crianças.

Dica 5. Seja seletivo com o que os seus filhos assistem

Psicólogos

Conheça os psicólogos e psicólogas do consultório. Veja o perfil detalhado de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Seja seletivo sobre o que seus filhos assistem. Use fontes confiáveis ​​para encontrar conteúdo bons conteúdos. No youtube, por exemplo, há bons canais para crianças, porém há aqueles que podem ter conteúdo impróprio.

Use a mídia juntos. Esta é uma ótima oportunidade para monitorar o que seus filhos mais velhos estão vendo online e ver o que estão aprendendo. Assistir filme com eles, por exemplo, é também é uma ótima oportunidade para compartilhar momentos juntos.

Dica 6. Exercícios físicos são importantes para as crianças na quarentena

Como Escolher meu Psicólogo?

Confira no nosso guia completo sobre psicólogo e psicoterapia. Nele você encontrará dicas do que considerar na escolha do seu psicólogo.

COMO ESCOLHER MEU PSICÓLOGO

O exercício físico é crucial para as crianças e para sua sanidade! A escola oferece muita estimulação ao longo do dia. As crianças com quando ficam ociosas podem ficar irritadas, chorar mais facilmente, dificultando seu dia.

Faça com que eles pratiquem atividades físicas ao longo do dia, seja por brincadeiras ou esportes. Para quem mora em casa e dispõe de quintal, isso fica mais fácil. Quem mora em apartamento ou tem o espaço mais limitado, busque brincadeiras e jogos que os façam mexer o corpo. Mas, faça com que eles se mexam!

Essas são algumas dicas simples que irão ajudá-lo a manter as crianças ocupadas e produtivas. Assim, o isolamento social passará de maneira mais suave para todos. Em tempos de incerteza, buscar manter o bem-estar é importante.

Gostou do texto sobre crianças na quarentena? Então você pode se interessar por esse também: A técnica Montessori para resolução de conflitos de crianças.

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana Brotto

CRP 106524/06. CEO do consultório Psicologo Com.Br. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *