Newsletter Gratuita
Assine Aqui

Motivos de insônia: conheça 5 causas comuns e suas consequências

Motivos de insônia: conheça 5 causas comuns e suas consequências

Conheça 5 motivos de insônia como sinais que indicam que você não dorme o suficiente.

Existem alguns efeitos perniciosos para a sua saúde quando não se dorme bem. Os psicólogos atribuem, por exemplo, distúrbios associados ao descanso inadequado que são muito comuns. Conheça alguns sinais e como os motivos de insônia são prejudiciais a médio e longo prazo..

Na verdade, não é tão estranho ter cada vez mais pessoas com insônia. Isto se deve, em grande parte, à forma como se vive hoje. Aliado a isso, a tecnologia está presente em praticamente todos os lares. São jovens e adultos ingressando a todo momento em uma gigantesca rede de atividades e interações digitais.

Você não dorme o suficiente?

Dormir poucas horas prejudica a saúde psicológica e emocional. O estilo de vida ligado à velocidade do mundo real e digital, dos horários a cumprir, das agendas lotadas e de muitas outras variáveis, ​​podem estimular o uso “como descanso” das tecnologias. Ao invés de descansar, gasta-se muito mais horas do que seria o necessário para usufruir do tempo livre.

Por esta razão, é muito importante saber detectar alguns motivos de insônia e sinais de alerta no seu comportamento ou na sua vida diária. A tecnologia é uma das causas sobre os motivos de insônia. Mas não apenas ela, como veremos a seguir.

Causas e motivos de insônia

A insônia é um distúrbio que se caracteriza pela incapacidade que uma pessoa possui em dormir durante a noite. Em geral, quem tem insônia já começa o dia se sentindo cansado, com mau-humor e falta de energia. E isso afeta negativamente o seu desempenho no trabalho, nos estudos e em casa. Entre as causas de motivos de insônia citamos:

1. Estresse

Valor Consulta Psicóloga Veluma






Não quero informar nome ou e-mail





As inquietações e preocupações referentes aos compromissos e responsabilidades geram estresse. Ele mantém a mente ativa durante o horário do sono, dificultando adormecer.

O fator estresse aumenta a adrenalina tornando mais difícil de dormir. O estresse não apenas furta horas de sono, como também prejudica a compensação do sono.

Quando se está estressado, o sistema nervoso simpático não desconecta do cérebro, permanecendo hiperativo, tornando-o 100% desperto.

2. Ansiedade

O transtorno de ansiedade prejudica o sono da mesma forma que o estresse, levando a pessoa necessitar de calmantes para poder dormir. Na verdade, a própria insônia pode ser uma espécie de gatilho para a ansiedade.

Uma pessoa que sofre de ansiedade tende a antecipar mentalmente problemas que podem ocorrer e que o pode dar errado no futuro, acelerando o funcionamento do cérebro.

Isso termina por afastar o sono, causando a insônia. Toda ansiedade pode causar distúrbios do sono devido à preocupação excessiva e a dificuldade em relaxar.

3. Depressão

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

A pessoa com depressão pode, às vezes, dormir mais do que seria o normal, mas também apresentar o oposto, ou seja, não conseguir dormir. A insônia tem relação transitória com a depressão.

A falta de sono acaba prejudicando a saúde mental porque não permite que o cérebro possa processar novas ideias e organize pensamentos antigos, deixando a pessoa em ciclos viciosos de pensamentos negativos e também repetitivos.

Por outro lado, muitas pessoas com crises de insônia deram início a seus sintomas depois de ficarem expostas ao estresse, traumas e mudanças de rotina.

4. Problemas de saúde

Casos como a artrite, câncer, doença cardíaca, pulmonar, gastrointestinais, neurológicas, são alguns fatores e motivos de insônia nas pessoas. Medicamentos também podem interferir no sono, como antidepressivos, controle da pressão arterial e corticoides. O uso da cafeína e álcool também são estimulantes que desencadeiam a insônia.

5. Alteração de hábitos

Mudanças no ambiente ou nos horários de trabalho costumam alterar o ritmo circadiano e cardíaco do corpo, dificultando o sono. Outros hábitos ruins como dormir em horários diurnos, ter atividades que estimulam o cérebro antes de dormir, ambientes iluminados, e o uso de eletrônicos são causas comuns da insônia.

Consequências da insônia

Com o passar do tempo, a pessoa pode ir se tornando menos ativa, preferindo faltar às atividades diárias. Entre as principais consequências da insônia, podemos citar.

1. Dificuldade na tomada de decisões

Um dos sinais mais fáceis de verificar é a dificuldade na tomada de decisões. Isso acontece porque se torna difícil pensar com clareza e tomar decisões sem que a mente esteja descansada devidamente.

2. Capacidade cognitiva

A capacidade cognitiva e concentração ficam restritas. Sem o descanso noturno, não se consolida a aprendizagem, o trabalho da memória e as habilidades cognitivas. Isso devido à falta de produção de hormônios específicos que são produzidos apenas à noite.

3. Alteração de humor

A pessoa se sente mais irritada e deprimida. A privação de sono tem relação direta com a depressão. Existem pesquisas científicas que demonstram que limitar as horas de descanso oferecem vaga para o estresse, tristeza e exaustão mental ingressarem.

4. Incapacidade sexual

A falta de desejo sexual também tem ligação com a falta de descanso e relaxamento. Dormir mal afeta muitas áreas da vida, como a fisiológica, devido à exaustão e a pressão arterial aumentada.

5. Obesidade

Com o aumento da insônia, perde-se a capacidade de prevenir o diabetes, já que a resposta à insulina é impedida pelo distúrbio metabólico do corpo, desregulando o peso.

6. Problemas em outros órgãos

Psicólogos

Conheça os psicólogos e psicólogas do consultório. Veja o perfil detalhado de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS

Finalmente, podemos encontrar distúrbios: na visão, problemas neurológicos como Alzheimer, infertilidade, câncer de próstata e mama etc.

Busque uma clínica de psicologia caso sinta que tem problemas para dormir. Estes motivos de insônia são considerados sérios quando passam a tornar-se frequentes e alteram a sua rotina.

Quem leu esse texto também se interessou por:

  • Mente inquieta

    Mente inquieta
    Ter uma mente inquieta pode trazer muitos prejuízos para nós, consultório do psicólogo localizado em São Paulo, próximo ao Shopping Morumbi
  • Principais sintomas de colapso mental

    Sintomas Colapso Mental
    O colapso mental não é mais considerado um transtorno psicológico, é considerado um momento em que ocorrem sintomas intensos de estresse. Localizado em SP
  • Qual é a função das emoções?

    Qual é a função das emoções?
    Conheça a função das emoções e como elas estabelecem nossa relação com o mundo, conforme descrito por um psicólogo, consultório da psicóloga localizado em São Paulo

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana Brotto

CRP 106524/06. CEO do consultório Psicologo Com.Br. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *