Newsletter Gratuita
Assine Aqui

5 Tipos de Depressão Comuns

5 Tipos de Depressão Comuns

É muito normal sentir tristeza ou desânimo de vez em quando, em algum acontecimento da sua vida. A depressão pode se manifestar de diversas maneiras. Concluímos que existem tantos tipos de depressão quanto pessoas depressivas, segundo os psicólogos.

Isso porque cada pessoa possui suas próprias configurações que as tornam únicas. Isso inclusive dificulta o diagnóstico da depressão. Por possuir um alto grau de subjetividade irá depender da interpretação dos psicólogos sobre os sintomas. 

No entanto, vamos mostrar os 6 tipos de depressão que são mais frequentes.

6 Tipos de Depressão

Nem sempre é fácil saber quando a depressão começa a aparecer, pois com os vários tipos de depressão e pelas formas pelas quais se apresenta ela pode ser facilmente confundida. 

A depressão faz parte dos transtornos de humor e afeta toda a vida de quem a possui. Empregos podem ser perdidos, relacionamentos prejudicados e até mesmo acaba fomentando o surgimento de problemas físicos.

Gostaria de conhecer mais? Aqui estão os diferentes tipos de depressão que são mais comuns.

1. Depressão maior

A depressão maior é o tipo mais grave de depressão. Ela é caracterizada pelo surgimento de um ou vários acontecimentos que geralmente deram início na adolescência ou já na idade adulta. A pessoa que sofre deste tipo de depressão, pode experimentar fases de humor normal intercalada com fases depressivas que podem durar semanas, meses ou anos. 

Ela é classificada desta forma porque não há fases de mania e pode causar problemas muito graves para a pessoa, se não for tratada de forma eficaz. É verdade que a idealização suicida está aqui presente e pode levar à morte se se traduzir em ações efetivas para acabar com a própria vida. Principais sintomas:

Valor Consulta Psicóloga Cláudia






Não quero informar nome ou e-mail





  • humor deprimido na maior parte do dia;
  • perda de interesse em atividades;
  • perda ou ganho de peso;
  • insônia;
  • baixa autoestima;
  • falta de concentração;
  • sentimentos de culpa;
  • pensamentos suicidas;
  • nervosismo;
  • cansaço constante.

2. Distimia

Entre os tipos de depressão, a distimia é menos grave que a depressão maior. É um tipo de depressão chamada de unipolar e afeta o funcionamento normal e o bem-estar da pessoa.

Sua característica principal é que a pessoa não necessariamente experimenta uma forte tristeza, mas com frequência há um sentimento de falta de propósito e motivação, como se nada mais importasse. Principais sintomas:

  • perda ou aumento do apetite;
  • insônia;
  • falta de energia;
  • fadiga;
  • baixa autoestima;
  • bloqueio na tomada de decisões; 
  • sentimentos de desesperança.

3. Depressão ansiosa

Este é outro tipo de depressão que está presente em um número significativo de pessoas. Sua principal característica é que mistura e altera estados de depressão com estados de ansiedade. Os sintomas são muito semelhantes aos que ocorrem nos outros tipos de depressão já citados. Principais sintomas:

Quer receber mais conteúdos como esse?

Deixe seu e-mail abaixo e receba semanalmente conteúdos gratuitos
Politica de Privacidade
Não se preocupe, não fazemos spam.

  • estados de extrema passividade;
  • estados de ansiedade;
  • alteração no apetite;
  • aumento do sono; 
  • falta de energia;
  • incapacidade de concentração;
  • falta de motivação; 
  • isolamento social;
  • irritabilidade.

5. Depressão Psicótica

A depressão psicótica é um tipo de depressão que pode ser vinculada à depressão maior por incluir algum tipo de psicose. Ao contrário de outros tipos de depressão, ela se caracteriza pela presença de sintomas psicóticos. Além dos citados no tópico “1. Depressão maior”, ela é acompanhada dos seguintes sintomas:

  • alucinações;
  • delírios que alteram a realidade;
  • estados de violência;
  • pensamentos mórbidos.

6. Depressão pós-parto

Dentro dos tipos de depressão, pode-se incluir a depressão pós-parto que é caracterizada por  ocorrer após o trabalho de parto. Este tipo de depressão pode acontecer até um ano depois do parto, embora seja comum nos primeiros três meses.

Psicólogos

Conheça os psicólogos e psicólogas do consultório. Veja o perfil detalhado de cada profissional.

A EQUIPE DE PSICÓLOGOS
  • alterações hormonais;
  • alteração nas relações sociais;
  • ter menos tempo e liberdade para si mesma;
  • alteração do ciclo de vigília e sono;
  • preocupações, cobranças da sua capacidade de ser boa mãe;
  • rejeição do filho.

Como vimos, os tipos de depressão têm muitas características em comum. No entanto, elas também tem suas diferenças. Daí surge a dificuldade que muitas vezes envolve uma avaliação e um diagnóstico.

Em caso de suspeita é sempre melhor recorrer à terapia psicológica para um tratamento correto. É importante entender que os psicólogos também podem ajudá-lo a superar a depressão.

Gostou deste artigo sobre tipos de depressão? Então não deixe de compartilhar e leia também sobre “Você conhece o transtorno misto de ansiedade e depressão“!

Quem leu esse texto também se interessou por:

*Os textos do site são informativos e não substituem atendimentos realizados por profissionais.

Sobre Psicóloga Thaiana Brotto

CRP 106524/06. CEO do consultório Psicologo Com.Br. Graduação em Psicologia pela PUC-PR em 2008. Pós-graduação em Terapia Comportamental pela USP. E pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental pelo ITC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *